sexta-feira, 9 de setembro de 2016

Psicologa responde - Resposta 1

Olá caros leitores,
hj, como o proposto, vamos falar de um caso específico,
a nossa amiga diz o seguinte:

"Estou passando por uma fase bem difícil de minha vida , meu marido após 12 anos resolveu ir embora , tentei de tudo para ele ficar , nosso relacionamento foi cheio de altos e baixos, brigavamos muito, ele levava uma vida que eu não concordava muito, saia para praticar atividades fisicas e chegava muito tarde , ele sempre passava por uma fase ruim , uma época era bebendo muito , outra epoca esses exercicios , já peguei ele conversando com mulher na epoca do msn e uma vez no zap , mas sempre dava mais uma oportunidade a ele , nunca tive nenhuma comprovação real de traição, sempre fui muito amorosa e cuidadosa , cobrava muito mesmo , acho que não teremos mais volta , eu não queria que ele fosse , como ele foi , eu quero força para não deixar voltar caso ele queira , será que ele vai querer voltar ? Será que tem outra? me ajudem como seguir em frente , temos dois filhos."

Você não é a primeira pessoa a ter problemas no relacionamento e nem a última, vocês tem filhos e isso dificulta uma separação. Mas pelo que deu para entender, o seu marido não te valoriza, te traindo ou não, ele não fez o papel de marido e nem de pai. Não se culpe por isso, o único culpado é ele mesmo. 
A respeito de vocês voltarem ou não é você que deve decidir, mas não volte apenas por seus filhos. Viver com pais separados eles vão superar, porém viver com pais que só brigam, é mais difícil. 
Voltar sem ele mudar, não vai dar certo de novo, por isso pense bem. 

Sobre superar a situação, só o tempo vai te ajudar. E você vai superar sim, ficar com alguém que não te valoriza não vale a pena, só irá te frustrar cada vez mais.

Te dedico uma música para relaxar e refletir sobre a situação:

 

Pense nisso, 
te desejamos uma vida tranquila  e feliz. 

Grande Abraço. 


domingo, 31 de julho de 2016

Psicóloga responde:

Olá caros leitores,

Devido as últimas dúvidas surgidas nos comentários das postagens e muitas sendo a dúvida de várias pessoas, nas próximas postagens estaremos respondendo às perguntas, deixadas como comentário nesse post aqui. Deixe seu questionamento ou sua dúvida nos comentários e acompanhe nossas próximas postagens!! Mas antes disso, deixo com vocês uma pequena mensagem de reflexão que tem como base a letra da música de Henrique e juliano – Cuida bem dela.
Aproveite para escutar uma versão instrumental e relaxar com a música.



Nessa música tem um trecho que diz: “foi por um triz”.
Talvez você já se esforçou tanto para conseguir alguma coisa, e por pouco que não conseguiu. Talvez você pense que poderia ter feito um pouco mais e ter alcançado, ou talvez você tem plena convicção de que fez tudo o que pode.
Mesmo assim, o não conseguir gera frustração. E você pode ter ficado desanimado.  Esse é o comportamento normal do ser humano diante de uma barreira imposta. Isso acontece porque somos movidos por nossos objetivos, e a partir do momento que perdemos de vista nossos objetivos, perdemos também nossa motivação.
Então o que deve ser feito?
Não desista na primeira barreira que encontrar, nem na segunda, nem na terceira. Tente quantas vezes for necessário.
Mas então, qual é o tempo certo para parar?
Essa pergunta vai ter 2 respostas:

  • ·          Ou quando você alcançar o que tanto almeja
  • ·         Ou quando o que te motivava hoje já não te motiva mais, afinal, quando a coisa não é para ser, é porque tem outra mais importante para acontecer.

Grande abraço!

E deixe seu comentário ;) 

terça-feira, 28 de junho de 2016

O tempo está em tuas mãos



Louve ao Senhor (Música: Quão Grande é o meu Deus) 
 


Amados leitores, tenho certeza que vocês já tiveram decepções na vida. Talvez a decepção foi tão grande que deu vontade de olhar para trás e abandonar tudo e a todos. Mas esse não é o sentimento que se deve ter.
Venho aqui hoje, para falar para vocês de um Deus poderoso, santo e amoroso.
Um Deus que te ama acima de tudo, que te faz especial, que te faz filho amado. E diante de um Deus assim, nossos planos para a vida se tornam pequenos demais, fracos demais. Mas às vezes não percebemos isso: estamos tão fixos a conquistar um plano em que nós sonhamos que não percebemos que o sonho de Deus para nossas vidas é maior.
E nos deparando com uma barreira, nos desanimamos, sentimos decepcionados e muitas vezes traídos por não alcançar algo tão almejado.
Porém, pode demorar pouco mais ou menos, mas no final, nos deparamos com a maravilhosa benção e misericórdia do Senhor. Por isso amados, se você está em um momento de angustia, de decepção, de desespero, confie no Senhor, adore, pois é Dele que vai sair a sua vitória. 


Um Grande beijo!

sábado, 14 de maio de 2016

E quando você me deixa sozinha...


....”fico perdida sem um lar...”


Esse é um trecho retirado da musica “Marvin Gaye” que segue uma versão instrumental abaixo:




Se vocês assistiram ao vídeo ou conhecem a música sabem que é uma música ritmada, mas acima disso apresenta uma essência que fala sobre aproveitar a vida com uma pessoa especial, e que se for para passar por situações difíceis, que seja com esta pessoa.

O problema é que nem sempre isso é possível, nem sempre conseguimos aproveitar a vida com a pessoa que amamos, e isso, pode nos deixar sem chão, ou como a musica fala, sem um lar. Afinal, a nossa casa é onde nos sentimos mais a vontade.  E quando perdemos alguém importante, ficamos perdidos, como se não existisse mais uma zona confortável.

Parece que não existe mais solução, mas claro, não é o fim. Não pode ser. A vida é algo tão precioso, que devemos ter forças para enfrentar qualquer situação. Para tudo existe solução. Nem a morte é o fim. Então sejamos sábios e reflitamos no que a vida tem de bom para oferecer e principalmente qual o nosso verdadeiro lar. E dai sim, então lutar com a força necessária para recuperar/alcançar o nosso “lar”.

Um grande abraço!

terça-feira, 22 de março de 2016

No tempo certo

Hj é o tempo certo para acontecer uma coisa na sua vida!
Isso mesmo, pode ter certeza que sim.
Infelizmente (ou felizmente), não é o tempo certo para outras acontecerem.

Tudo tem um tempo certo para acontecer na nossa vida e um propósito.
Será que você sabe esperar o tempo de cada coisa?

Segue a melodia da música da Marcela Thais - Escolhi te esperar, que fala sobre esperar o momento certo:
segue o link da letra para quem tiver interesse: Letra - Escolhi te esperar

Paciência, saber esperar, não é ponto forte dos seres humanos, principalmente para as novas gerações. Mas não significa que não seja algo necessário. 
Uma coisa é fato, nem tudo o que achamos ser o melhor para nós, realmente é. E isso o tempo que acaba nos mostrando. 
Por isso, confie no tempo, o tempo vai trazer e vai levar muitas coisas nessa sua vida. Nem tudo o que o tempo vai trazer é bom, assim como nem tudo o que o tempo vai levar nos fazia mal. 
Mas tudo vai ter um propósito, que com o passar do tempo, você vai entender ou pelo menos irá confiar. Não no tempo, mas sim, no autor desse tempo: Deus. Deus que é o princípio e o fim.  

ELE vai te preparar, te dará provações, te deixará passar por angústias, mas no fim; te dará a vitória!
 Acorde a cada dia, focando na vitória, e logo esta chegará. 
Durma todo dia com fé, de que amanhã será melhor do que hoje, e assim o será!

Um grande abraço meus caros amigos do blog. 

Não esqueçam de seguir nosso blog e curtir os vídeos se gostarem. 
Estamos juntos, deixem sugestões nos comentários. 
O nosso foco é o seu bem estar.


terça-feira, 2 de fevereiro de 2016

Uma parte dessa história



Olá Caros Leitores, 

Você já sentiu que nunca esqueceria uma pessoa amada? 

A música da banda Troia diz que “mesmo que eu perdesse a memória teria um coração”, ou seja, que nem a falta de memória deixa uma pessoa que ama de verdade esquecer a outra.

Será isso verdade?

Para começarmos a responder esta pergunta, temos que entender: 

Cada pessoa tem um ritmo particular para enfrentar situações, e não cabe julgar qual seria o tempo certo para essa “superação”. 

Com isso bem claro na nossa mente, verificamos que ao mesmo tempo em que uma pessoa já não está mais feliz em uma relação, a outra pode estar lutando para manter a relação viva, pois não está pronta para largar o(a) parceiro(a).

Aí nos aparece outra questão: Porque normalmente (não necessariamente sempre) os homens estão prontos para o fim da relação enquanto que as mulheres ainda não?

Isso ocorre pelo fato de que homens são impulsionados pela conquista enquanto mulheres são impulsionadas pelo amor propriamente dito. 

Essa natureza dos homens faz com que eles, após o êxito da conquista, queiram procurar outro desafio e não desfrutar desse relacionamento por muito tempo.

 O que eu posso afirmar pra vocês é que passa e passa para todo mundo, pode demorar mais para algumas pessoas e menos para outras. Mas passa. Se valorize em primeiro lugar, se ele (ou ela) não te quer mais, tem muita gente que quer. Não corra atrás, a única coisa que você irá conseguir com isso é forçar um relacionamento onde você fará de tudo para a pessoa e só vai receber desprezo em troca. 

E uma coisa você pode ter certeza:
Você só não vai conseguir esquecer uma pessoa, que também não consegue te esquecer. 

Não vale a pena perder tempo com alguém que já te esqueceu. Procure sua felicidade e com isso você fará à pessoa que realmente te merece a pessoa mais feliz do mundo. 

Grande Abraço!!

segunda-feira, 4 de janeiro de 2016

Amar faz doer

Olá Caros leitores,

Para começar o ano, deixo pra vocês uma mensagem, com um titulo que talvez você possa ter achado meio contraditório, afinal, amar é um sentimento bom e boas coisas supostamente deveriam trazer boas ações de volta.

O problema é que nem sempre é assim.

Como a música Photograph do Ed Sheeran inicia: Amar pode doer.
Acompanhe a mensagem ouvindo e tentando sentir o que a música quer transmitir:


Infelizmente vou deixar pra vocês uma lista de sentimentos em que temos que suportar por amar alguém:
  • Decepção
  • Saudades
  • Ciúmes
  • Ingratidão
  • Desprezo
  • Indiferença

    Não quer dizer que você vá sentir todos os pontos citados na lista, mas a partir do momento em que você se sujeita a doar seu amor para uma pessoa, são esses sentimentos que você esta sujeito a receber em troca.

    E quando você se dá conta disso, a vida se torna injusta. Mas como esse é só o inicio da musica, também não temos que nos prender a isso.

    A música continua dizendo, que ao mesmo tempo que amar pode doer, amar pode curar e remendar a alma e que com amor fica mais fácil. Se a pessoa não sabe retribuir seu amor, não é um defeito seu, e sim dela.

    Porque amor faz com que os machucados recebidos não sejam nada e as palavras que fazem sangrar se tornem suportáveis ao receber um abraço.

    Amar é um sentimento bom e deve ser visto assim.
    Não deixe que uma pessoa que não sabe retribuir o seu amor, tire esse sentimento de você.

    Abraços.
    Até a próxima postagem.


Arquivo do blog